Turismo

Hotéis e pousadas apostam em consultorias para se adaptar aos novos protocolos

Com as regras de prevenção ao coronavírus, os meios de hospedagem estão buscando ajuda de especialistas para efetuar as mudanças necessárias.

O turismo doméstico é o primeiro a ganhar força após a crise causada pelo coronavírus e a reabertura do comércio. Um dos destinos turísticos mais procurados no país, Jericoacoara tem atraído os cearenses nos finais de semana e feriados. Para quem está se programando para viajar pelo litoral cearense, mas não abre mão da segurança em tempos de pandemia, é recomendável se certificar se os meios de hospedagem – hotéis e pousadas – se prepararam adequadamente para a reabertura.

Como o serviço começou no período do isolamento social mais rígido, muitas empresas foram atendidas de forma remota. “Em um primeiro momento, realizamos reuniões virtuais para conhecer o formato de serviço adotado pelos nossos clientes. Eles disponibilizaram fotos e vídeos dos espaços, desde as unidades habitacionais – os quartos, restaurante, áreas de lazer e sociais do hotel”, lembra a coordenadora da Consultoria Senac, Geysa Grangeiro Câncio.

Após a análise da Consultoria Senac, ela elabora e entrega um relatório com o diagnóstico para a empresa e o processo segue com as orientações de como implantar os procedimentos. Em paralelo, érealizado treinamento com a equipe sobre conduta pessoal, uso de EPI e distanciamento social. A consultoria finaliza com a entrega de um plano de prevenção, descrevendo todas as ações adotadas em prevenção à contaminação, ou seja, o protocolo da empresa em si.