Ceará

Governo Bolsonaro (PSL) repassa R$ 4,3 milhões para a saúde do Ceará

Ceará teve o terceiro maior valor recebido, perdendo apenas para Pernambuco e Bahia, para ampliar o número de cirurgias eletivas em hospitais públicos administrado pelo Governo do Estado. Camilo Santana (PT) diz que reduzirá os repasses para unidades do interior.

No total para todo o Brasil, o Ministério da Saúde vai distribuir o orçamento de R$ 100 milhões em recursos adicionais. As cirurgias eletivas são procedimentos como cirurgias: de pele, tecido subcutâneo e oftalmológico; das glândulas endócrinas; do sistema nervoso central e periférico; das vias aéreas superiores, da face, cabeça e pescoço; oncológicas; do aparelho circulatório e digestivo; e do aparelho osteomuscular.

Anteriormente, o Ministério da Saúde já havia liberado, outros R$ 150 milhões para prefeitos do Ceará e demais estados e municípios. Há anos, o Ceará está com todas as suas cirurgias paralisadas, priorizando apenas cirurgias com caráter de urgência e emergência.