Notícias

Filme documentário que sofreu boicote e censura, alcança mais de 1 milhão de visualizações em menos de 24 horas e será exibido na Câmara Municipal de Fortaleza

vereadora 2

O documentário “1964 – O Brasil entre armas e livros”, desenvolvido pela empresa Brasil Paralelo – especialista em fazer documentários, contando fatos desconhecidos sobre a história- será exibido no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza, na próxima segunda-feira (8),  a partir das 18h. A iniciativa é da vereadora e jornalista Priscila Costa (PRTB).

Lançado na última terça-feira, o vídeo, no Youtube, já conta com mais de 1 milhão de visualizações, além de estar entre os assuntos mais comentados do Twitter brasileiro, com a tag: “#1964OBrasilEntreArmasELivros”. O documentário está sendo alvo de polêmica em todo o Brasil, após ter sido censurado pela Cinemark.

“Se nossa geração de fato, quer transformar o Brasil, devemos antes de tudo, comprometer nossos corações à busca pela verdade, não acredito que um povo possa prosperar alicerçado em mentiras. O período de 64, é sempre cercado de deturpações, muitas vezes de ambos os lados. O que mais atrai no documentário em questão, é a clareza da luz que ele coloca sobre os fatos daquele período, é um verdadeiro convite à honestidade”, ressaltou a parlamentar.

SERVIÇO:

Exibição do Filme documentário: 1964- O Brasil entre armas e livros

Data: 08/04

Local: Auditório da Câmara Municipal de Fortaleza- Av. Thompson Bulcão, 830.

Horário: 18h