Automóveis

Diretor da Golube, Leonardo Mendonça, dá dicas importantes sobre como prevenir acidentes em tempos de chuva

Durante este período chuvoso que estamos passando no Ceará, a atenção deve ser redobrada para os condutores de veículos. Ao dirigir com chuva é importante tomar alguns cuidados especiais para manter a segurança e evitar acidentes.

De acordo com Leonardo Mendonça, diretor da GoLube, loja especializada em troca de óleo e acessórios de segurança: “A chuva além de reduzir a visibilidade, diminui a aderência dos pneus ao solo, principalmente em curvas; aumenta consideravelmente o espaço percorrido em frenagens e dificulta manobras de emergência”, ressalta.

O início da chuva torna a pista ainda mais escorregadia devido à mistura de água com pó e outros resíduos. Leonardo explica que para um trânsito seguro é necessário dirigir com bastante atenção.

Dicas

Dirigir com as duas mãos no volante, ter muita cautela em caso de ultrapassagem, cuidado com os pedestres, prestar atenção no carro da frente e ter cuidado especial em curvas. Além disso, o condutor tem que reduzir a velocidade, estar atento aos faróis mantendo a luz baixa.

Os pneus têm que estar em bom estado para que seja evitado atrito com a pista, e evitar passar em poças de água.

Cuidados com o veículo:

Nesse período, é essencial sempre fazer a manutenção do veículo. A troca de óleo é muito importante para que o veículo circule com segurança. De acordo com Leonardo, na Golube, é feito um cheklist geral de segurança do veículo, no qual é verificado as lâmpadas, as palhetas, a verificação dos fluidos e as calibragens dos pneus. Além disso, o cliente ainda leva uma higienização do ar-condicionado e a higienização do motor.

O veículo também exige cuidados especiais diante da chuva. É imprescindível manter as palhetas do limpador de para-brisas em bom estado e os vidros limpos, desengordurados e desembaçados.

Aquaplanagem

Durante ou após as chuvas, a água acumulada sobre a pista pode provocar situações especiais de perigo, como a aquaplanagem, que é o fenômeno no qual os pneus não conseguem remover a lâmina de água e, literalmente, perdem o contato com a pista. “Durante a aquaplanagem, a direção fica repentinamente leve e o condutor perde o controle do veículo”, enfatiza Leonardo.

Diante do fenômeno, os condutores devem segurar firmemente o volante ou guidão, sem virá-lo. Rodas dianteiras viradas para um dos lados podem levar ao capotamento quando a aderência voltar a existir entre os pneus e a pista.