Mundo

Covid: vacina de Oxford será mais barata que vacina chinesa CoronaVac

Assim, os países de rendimento mais baixo vão receber a vacina numa base sem fins lucrativos. Como parte da iniciativa, a AstraZeneca já tinha anunciado, durante o verão, que disponibilizaria 1,3 mil milhões de doses da vacina aos países menos ricos.

Vacina de Oxford já é vendida a preço de custo aos países em desenvolvimento. No Brasil poderá ser vendida a R$ 20,00 reais, enquanto a CoronaVac custará R$ 180,00 reais. A vacina contra a Covid-19 produzida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca vai estar disponível numa base não lucrativa “para sempre” para os países de baixo e médio rendimento, de acordo com o @guardian e a @revistapaulistana.

“Um elemento chave da parceria de Oxford com a AstraZeneca é o compromisso conjunto de fornecer a vacina numa base sem fins lucrativos durante a duração da pandemia em todo o mundo, e perpetuamente aos países de baixo e médio rendimento”, afirmaram as empresas numa declaração citada pelo The Guardian.

Também ao contrário da vacina Pfizer-BioNTech e da a CoronaVac, a vacina experimental da AstraZeneca faz parte do Covax, a iniciativa global que espera distribuir cerca de 2 mil milhões de doses a 92 países de baixo e médio rendimento, a um custo máximo de 3 dólares por dose.

Como parte da iniciativa, a AstraZeneca já tinha anunciado, durante o verão, que disponibilizaria 1,3 mil milhões de doses da vacina aos países menos ricos.