Mundo

Brasil sediará ‘Copa América’; CPI da Covid pretende convocar CBF

Conmebol anuncia Brasil como sede da Copa América. País foi escolhido no lugar da Argentina e da Colômbia; a entidade agradeceu ao presidente Bolsonaro por ‘abrir as portas ao evento’.

(Foto: Carolina Antunes)

A Conmebol confirmou o Brasil como sede da Copa América; Brasília é o local mais cotado para sediar. Autoridades sanitárias e senadores da oposição se posicionaram contrários alegando possível 3ª onda do coronavírus no Brasil.

O torneio deve começar no próximo dia 13 e terminar em 10 de julho. O país foi escolhido no lugar da Argentina e da Colômbia, por lá, os números de infecções pelo vírus é alarmante. Por aqui, a CBF agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro por ‘abrir as portas ao evento’, onde foi duramente criticado.

Integrantes da CPI da Covid que fazem oposição ao Governo Federal dizem que Copa América no Brasil é ‘insanidade’. Senadores como Otton Alencar e o petista Humberto Costa analisam ‘medidas jurídicas’ para o país não receber o torneio.

O governo federal ainda não se manifestou oficialmente. “É criminoso resolvermos adotar esse evento”, dizem petistas. Já Ciro Gomes disse que a “Copa é a prioridade de um governo genocida”, em referência ao governo de Bolsonaro.