Brasil, Cidades

41 municípios cearenses poderão deixar de existir após reforma econômica, veja a lista

Receita gerada pela economia de 1.856 cidades brasileiras não foi suficiente nem para custear a estrutura administrativa, uma delas é Massapê, terra do ex-presidente da AL-CE, Zezinho Albuquerque.

A nova reforma econômica e administrativa do Governo Federal, entregue na manhã desta terça-feira (05/11) para tramitação no Congresso Nacional, prevê fusão de municípios e deixou em polvorosa 41 prefeitos cearenses. Para o ministro Paulo Guedes, a proliferação de municípios criou desequilíbrios. “Do ponto de vista fiscal, municípios não podem ser grandes ou pequenos demais”, disse.

De acordo com a proposta, as prefeituras terão até 30 de junho de 2023 para provar que arrecadam, em impostos, ao menos 10% de suas receitas totais. Caso esse limite não seja alcançado, podem ser ncorporadas por cidades maiores. A regra prevê ainda que cada município poderá incorporar até três cidades vizinhas nesse processo. O número de habitantes será medido pelo Censo 2020.

  • 1 – Aratuba 0,24% 
  • 2 – Porteiras 0,24% 
  • 3 – Reriutaba 0,25% 
  • 4 – Paramoti 0,38% 
  • 5 – Barroquinha 0,40% 
  • 6 – Catunda 0,40% 
  • 7 – Granjeiro 0,45% 
  • 8 – Chaval 0,48% 
  • 9 – Tururu 0,49% 
  • 10 – Ererê 0,55% 
  • 11 – Itapiúna 0,55% 
  • 12 – Senador Sá 0,56% 
  • 13 – Umari 0,56% 
  • 14 – Apuiarés 0,57% 
  • 15 – Martinópole 0,65% 
  • 16 – Capistrano 0,69% 
  • 17 – Potengi 0,69% 
  • 18 – Altaneira 0,71% 
  • 19 – Baixio 0,72% 
  • 20 – Choro 0,72% 
  • 21 – Barro 0,74% 
  • 22 – Massapê 0,74% 
  • 23 – Miraíma 0,75% 
  • 24 – Salitre 0,75% 
  • 25 – Palmácia 0,77% 
  • 26 – Umirim 0,77% 
  • 27 – Jardim 0,80% 
  • 28 – Pacujá 0,80% 
  • 29 – Santana Do Cariri 0,81%
  • 30 – Ararendá 0,84% 
  • 31 – Barreira 0,84% 
  • 32 – Mulungu 0,85% 
  • 33 – Acarape 0,86% 
  • 34 – Caririacu 0,87% 
  • 35 – Graça 0,87% 
  • 36 – Quixelô 0,88% 
  • 37 – Jaguaretama 0,89% 
  • 38 – Croatá 0,91% 
  • 39 – Itaicaba 0,93% 
  • 40 – Guaiúba 0,95% 
  • 41 – Monsenhor Tabosa 0,95%