Brasil

“Vou afastar executivo que fizer lambança”, diz novo presidente do BNDES

Castro frisou que as investigações abertas internamente no BNDES envolvendo JBS e Odebrecht devem se concentrar principalmente nas pessoas físicas.

Sem citar nominalmente a JBS, cuja holding J&F firmou acordo de leniência com o Ministério Público Federal após admitir ter pago propina a políticos, Castro disse a jornalistas minutos antes da cerimônia de sua posse, que “temos que afastar controladores de grandes empresas que fizeram lambanças”.

Castro frisou que as investigações abertas internamente no BNDES envolvendo JBS e Odebrecht, grande tomadores de crédito do banco, devem se concentrar principalmente nas pessoas físicas.

“Não podemos confundir empresários que cometem malfeitos com empresas que empregam milhares e recebiam louvor até recentemente… temos que preservar esses milhares de empregos”, disse.

“Empresários que vão tomar champagne em Nova York, esses temos que tirar a champagne da mão deles”.