Política

TRE-CE reconhece fraude em campanhas femininas fictícias em Nova Russas-Ce e cassa diploma de vereadores

Nesta sexta-feira (14), o TRE cassou chapa de candidatos de vereadores em Novas Russas por candidaturas fictícias de mulheres, o motivo teria sido a fraude por cota de gênero.

Dessa forma, os suplentes e um vereador eleito pelo PDT tiveram seus registros cassados após as investigações apontarem que houve três candidatas que não realizaram os atos referentes a campanha nas últimas eleições.

O advogado Cássio Pacheco, responsável pelo caso, explicou que “foi reconhecido que as candidaturas femininas eram laranjas, com o objetivo exclusivo de burlar a legislação que fomenta a participação de mulheres na política.”

De acordo com o relator do caso no TRE-Ce , juiz George Marmelstein, foi declarado inelegíveis no prazo de 8 anos, as referidas candidatas: Cynthia Lopes, Lina Vanessa e Tamires Rocha, bem como foi declarado inelegível e cassado o diploma de Diego Rocha, que teria sido eleito.