Política

STF nega pedido de Flávio Bolsonaro e mantém investigação no Rio

Com a decisão de Marco Aurélio, a investigação do MP-RJ pode ser retomada. O ministro também determinou o fim do sigilo do caso.

Filho mais velho de Jair Bolsonaro tomou posse nesta sexta (1º) no mandato de senador. Ministro Marco Aurélio Mello negou pedido do parlamentar para barrar apuração do Coaf.

Flávio (PSL-RJ) afirmou nesta sexta-feira (1º) que respeita a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de negar pedido do parlamentar para suspender investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro. Filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, Flávio deu a declaração após tomar posse no mandato de senador.