Ceará, Cidades

Senador Cid Gomes avança contra policiais com retroescavadeira e acaba baleado em Sobral

Ao colocar uma retroescavadeira pesada para cima de policiais militares grevistas em Sobral, o senador acabou sendo atingido por dois tiros, um na clavícula e outro no pulmão. O Estado de saúde de Cid é estável e não corre risco de morte.

O Senador Cid Gomes (PDT) tirou licença do Senado, assumiu o PDT e agitou os bastidores da política cearense durante “Greve Geral” de policiais militares e bombeiros do Ceará. Ao saber que policiais grevistas protestavam com toque de recolher em lojas de Sobral, Cid tratou de embarcar a sua cidade natal e protestar contra os policiais militares. “Bando de marginais”, disse Cid em referência aos militares.

Diferente do governador Camilo Santana (PT), Cid Gomes sempre teve dificuldade de dialogar com a Polícia Militar, ainda quando era governador do Ceará.

Em Sobral, Cid Gomes chegou ao quartel da Polícia Militar em uma retroescavadeira, partiu para cima dos policiais grevistas e acabou sendo atingido por dois tiros, um na clavícula e outro no pulmão. O senador foi socorrido e passa por exames.