Política

Roberto Pessoa (PSDB) terá que indenizar Ciro Gomes, decide TJ-CE

Deputado afirmou que Ciro era um “destemperado, desequilibrado, mentiroso, vagabundo, desocupado e boquirroto”, além de insinuar que Ciro seria usuário de drogas. Roberto recorreu da decisão, alegando que Ciro é “contumaz em agredir e destratar a honra de seus adversários.

Candidato derrota nas eleições do ano passado, o ex-ministro Ciro Gomes, venceu uma ação na justiça de danos morais, contra deputado Roberto Pessoa (PSDB), seu antigo rival político no Ceará. Em decisão, Roberto Pessoa (PSDB) foi condenado a pagar R$ 15 mil ao ex-ministro, além de juros de 1% por cada mês dos mais de seis anos desde o incidente.

Na época, Roberto Pessoa (PSDB) afirmou que Ciro era um “destemperado, desequilibrado, mentiroso, vagabundo, desocupado e boquirroto”, entre outros xingamentos, além de insinuar que Ciro seria usuário de drogas.

O deputado recorreu da decisão, alegando que Ciro é “contumaz em agredir e destratar a honra de seus adversários”, sendo “conhecido nacionalmente por fatos dessa natureza”. Famoso pela “língua afiada”, Ciro Gomes costuma, de fato, liderar no número de processos de indenização por dano moral, sendo alvo de mais de 60 ações do tipo na Justiça do Ceará.