Negócios

Revista Ceará participa do Summit Capital Upgrade

O objetivo é utilizar ferramentas práticas, desenvolvidas com exclusividade pela Capital Upgrade, para identificar os principais problemas que impedem o seu negócio de alcançar as metas traçadas.

A Revista Ceará participou do Summit Capital Upgrade, realizado em 17 e 18 de janeiro, em Fortaleza/Ceará, no Centro de Eventos do Ceará, em parceria Capital Upgrade, Lásaro do Carmo Júnior e PWR Gestão, idealizado para quem atua com empreendedorismo e gestão na prática.

O evento teve um encontro intenso de 20 horas de conteúdos e workshops sobre negócios, abordando assuntos e experiências de quem executa e implementa profissionalmente negócios, vivencia o empreendedorismo diariamente e possui experiências em gestão de empresas.

Paulo Vitor Porto, sócio da PWR Gestão e um dos organizadores do evento, afirma que o diferencial do Summit Capital Upgrade, é porque é “feito por quem realmente entende e vivencia”. “O evento inteiro há aentrega das melhores práticas, que vem sendo desenvolvidas através de várias ferramentas para implantar consultoria. A consultoria é muito mais extensa, então nesse período de dois dias, trouxemos 12 módulos e painéis – comercial, financeiro, expansão de empresas, capacitação de recursos, capacitação de pessoas, lideranças – ou seja, um cinturão de gestão em 12 módulos com conteúdo, ferramentas práticas e estruturação. Não é uma coletânea de palestras. Trouxemos quem faz isso em campo para clientes e formatamos um programa de gestão. Então, tem conteúdo, ferramenta e plano de ação, porque se não servir na prática, não serve no negócio”, explica ainda Paulo Vitor.

Além da PWR Gestão,estiveram presentes nomes como Lásaro do Carmo Jr, Executivo Profissional, sócio da Optimize Consulting e conselheiro de grandes empresas e Holdings nacionais e internacionais. Ele ocupou a cadeira de vice-presidente do Grupo Silvio Santos, e posteriormente, assumiu a Jequiti como CEO em 2008, recebendo a empresa com faturamento de 20 milhões. Permaneceu no comando dela até 2015, quando a entregou faturando R$523 milhões.