Política

Réu por corrupção e lavagem de dinheiro, Renan Calheiros será relator da ‘CPI da Covid’

Senador Renan Calheiros (MDB), foi condenado na 1ª instância a perder mandato. Renan também é pai do governador Renan Filho, de Alagoas. Jader Barbalho será um dos suplentes, também pai do governador do Pará.

( Foto: Sérgio Lima )

Quem é Renan Calheiros, senador que vai relatar CPI da Covid. Os senadores integrantes da CPI da Covid, fecharam acordo para a composição final dos cargos de comando da CPI. Nos corredores do Senado, um das perguntas que se faz é se Renan Calheiros e Jader Barbalho vão topar mesmo investigar os filhos, que governam, respectivamente, Alagoas e Pará?

A Comissão que vai apurar supostas omissões do presidente Jair Bolsonaro, Governadores e Prefeitos, no combate à pandemia, terá como relator o senador Renan Calheiros (MDB). Renan é réu no STF por corrupção e lavagem de dinheiro. O supremo aceitou uma denúncia de 2017, da PGR, que acusa o senador de desvios na Transpetro.

O colegiado da CPI será presidido por Omar Aziz (PSD), também acusado de corrupção no Amazonas pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal, e o vice-presidente será o senador Randolfe Rodrigues (REDE).

O senador Omar Aziz (PSD-AM), que comanda a bancada do Amazonas no Congresso Nacional, no final do ano passado, foi alvo da Polícia Federal, onde indiciou Omar Aziz por suspeita de participar de um esquema de corrupção que desviou pelo menos R$ 200 milhões da Saúde do Amazonas. Os desvios, segundo as investigações, começaram quando ele era governador do Estado, entre 2010 e 2014. As verbas desviadas, de acordo com a investigação, bancaram gastos da família Aziz.