Ceará

Produção industrial cearense cresce pela primeira vez em 2019, diz FIEC

O resultado representa uma retomada na produção industrial após seis meses consecutivos de queda, voltando a ficar acima dos 50 pontos. Entretanto, a Intenção de Investimentos apresentou queda.

A Sondagem Industrial do mês de maio, realizada pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), aponta a volta do crescimento da produção na indústria cearense. O resultado representa uma retomada na produção industrial após seis meses consecutivos de queda, voltando a ficar acima dos 50 pontos. 

Além disso, o Estoque Efetivo em Relação ao Planejado também ficou acima dos 50 pontos – pelo segundo mês consecutivo – indicando aumento nesse indicador. Em contrapartida, a Utilização da Capacidade Instalada Efetiva em Relação a Usual e o Número de Empregados apresentaram mais uma queda nesse mês.

No que diz respeito aos indicadores de expectativas para os próximos seis meses, as perspectivas dos industriais cearenses são positivas, com os indicadores de Demanda, Compra de Matérias-Primas, Número de Empregados e Quantidade Exportada ficando acima dos 50 pontos, apontando otimismo. Entretanto, a Intenção de Investimentos apresentou queda nesse mês, embora ainda se encontre acima de sua média histórica de 51,8 pontos.