Ceará

Prefeitura e Governo pagarão R$ 4 milhões por mês a empresas de ônibus para manter preço na passagem

Ambos já custeiam, desde do início do ano, uma frota extra de ônibus para diminuir aglomerações nos horários de maior movimentações de passagens.

(Foto: Prefeitura de Fortaleza)

As passagens de ônibus do transporte público de Fortaleza não terão aumento em 2021. Isso, porque a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado pagarão pelo congelamento no preço, cerca de R$ 4 milhões de reais, por mês, aos empresários donos dos transportes coletivos evitando assim o aumento. Ou seja, a parceria subsidiará mensalmente R$ 4 milhões para as empresas, sendo R$ 2 milhões da Prefeitura e R$ 2 milhões do Estado.

Com isso, a tarifa será mantida em R$ 3,60 e a tarifa estudantil, em R$ 1,60. Será o terceiro ano consecutivo sem alta nas tarifas. A medida foi anunciada pelo governador Camilo Santana (PT) e pelo prefeito de Fortaleza, Sarto (PDT), nesta terça-feira.

Sarto lembrou ainda que ainda está custeando ao Sindiônibus uma frota extra com mais de 200 ônibus na Capital nos horários de pico. Trabalhadores e usuários de ônibus na capital afirmam não ser notável o aumento da frota, desde o início do ano.

A Prefeitura e o Governo já estão custeando, desde o início do ano, a frota extra de ônibus na Capital. Segundo os gestores, a medida é para diminuir aglomerações nos horários de maior movimentações de passagens.