Cidades, Saúde

PGR investiga pelo menos 5 governadores após denúncias na compra de respiradores

PGR pedirá autorização ao STJ, para denunciar governadores envolvidos em denúncias de corrupção e superfaturamento na compra de respiradores, medicamentos, insumos, aparelhos e equipamentos comprados, sem licitação, durante a pandemia.

Na mira de pelo menos 5 governadores, o procurador Augusto Aras pediu ao Superior Tribunal de Justiça, autorização, para denunciar governadores envolvidos em denúncias de corrupção e superfaturamento na compra de respiradores, medicamentos, insumos, aparelhos e equipamentos comprados, sem licitação, durante a pandemia do coronavírus.

Interlocutores da PGR dizem que a lista de alvos já chega a cinco governadores que estariam diretamente ligados a indícios de corrupção suficientes para fundamentar a abertura de investigação na procuradoria.

Um deles, é o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), que também é juiz federal e o governador de Santa Catarina, Moises Gomes (PSL). A informação também foi confirmada pela Revista Rio, na manhã de hoje. A nova leva de pedidos de inquérito da PGR contra governadores no STJ deve ser anunciada por Aras nos próximos dias.