Ceará, Turismo

Parlamentar destaca papel do hub aéreo implantado no Estado e aponta crescimento no turismo

Segundo Sérgio Aguiar (PDT) o maior mercado internacional turístico do Ceará passou a ser a França, seguida por Itália, Alemanha, Portugal e Holanda. Saindo da Europa, quem mais nos visita são os argentinos, norte-americanos e colombianos.

O setor é responsável por 10,4% do PIB mundial. A cada cinco empregos, um é gerado pela rede turística. No ano passado o turismo cresceu 3,9% mundo, enquanto que a construção civil cresceu 3,4% e a agricultura 1,8%. Estas informações foram reveladas pelo deputado Sérgio Aguiar na sessão de ontem da tribuna da Assembleia Legislativa para anunciar novos números do crescimento do turismo, a partir do mundo.

O parlamentar do PDT revelou que a cadeia turística brasileira gera 6,7 milhões de empregos e a meta do Governo Federal é gerar mais dois milhões até o final do ano, aumentado a receita proporcionada pelos visitantes internacionais de U$ 6 para U$ 19 bilhões. Ele disse, também, que o Ceará tem dado importantes passos rumo ao desenvolvimento após a implantação do hub aéreo e que o mais recente foi da Companhia Cabo Verde Airlines, que começou a operar a terceira frequência entre Fortaleza e a Ilha do Sal, em Cabo Verde. “A partir da África é possível realizar conexões rápidas para Milão, na Itália; e Lisboa, em Portugal”, disse o parlamentar. Segundo a Cabo Verde Airlines, um quarto voo semanal deve ser implementado até o fim deste ano.

Importante dizer que a vocação turística do Ceará, além do lazer, terá um olhar mais apurado nos próximos anos. Diante de um impacto de 1,3 bilhão na economia de Fortaleza e gasto médio de R$ 2,3 mil por pessoa que vem a Fortaleza. “Aliás, Fortaleza sempre esteve entre as cinco cidades brasileiras que mais movimentam passageiros que vêm ou vão para a Europa. A movimentação de passageiros entre o Brasil e a Europa cresceu 83%, passando de 144 mil para 265 mil na última década”, disse.

Outra novidade, disse, é que o maior mercado internacional turístico do Ceará passou a ser a França, seguida por Itália, Alemanha, Portugal e Holanda. Saindo da Europa, quem mais nos visita são os argentinos, norte-americanos e colombianos.

Outra boa notícia dada pelo parlamentar: nos últimos 12 meses o Ceará registrou um crescimento de 10% nas atividades turísticas, enquanto que a média nacional ficou em 3,3%.