Ceará

O que é pior, cair no buraco ou passar por cima do recapeamento de baixa qualidade?

Motoristas se queixam, tanto da péssima qualidade do material aplicado nas ruas, como a mão de obra utilizada para o serviço.

Começa operação para tapar buracos em Fortaleza. Prefeitura deu início aos trabalhos com antecedência devido à quantidade de chuvas. Até dezembro, serão gastos R$ 46 milhões. Os reparos na malha viária de Fortaleza começaram mais cedo em 2017. Também conhecido por Operação Tapa-buraco, o conjunto de obras para recuperar vias danificadas no período chuvoso teve início ontem com a atuação de seis equipes. Segundo o prefeito Roberto Cláudio (PDT), as ações costumam vir no segundo semestre, mas precisaram começar em abril devido à intensidade das chuvas na Capital. O investimento é de R$ 46 milhões para obras entre abril e dezembro.

Tanto o buraco, quanto o recapeamento maltratam os carros e irritam os motoristas. “O motorista não tem escolha, para andar nas ruas é preciso 4X4. Quando não cai no buraco, pula com o desnivelamento do recapeamento”, afirma João Leôncio.