Ceará

Luizianne cobra Ministério Público Eleitoral e TSE que investiguem áudio vazado de Bruno Gonçalves (PL)

“Fiquei impressionada com aquilo, é muito acintoso (mal-intencionado)”, disse. Deputada afirmou ainda que Bruno Gonçalves (PL) foi apenas um mensageiro do prefeito Roberto Cláudio (PDT) para negociar a compra de apoio do PL.

Foto: Pillar Pedreira/Agência Senado

A pré-candidata à prefeitura de Fortaleza afirmou que pedirá aos órgão do Ministério Público Eleitoral e ao Tribunal Superior Eleitoral que apurem o suposto esquema revelado por um áudio vazado que relata a compra de apoio político pelo deputado estadual Bruno Gonçalves (PL), à pedido do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Em áudio vazado, deputado estadual Bruno Gonçalves (PL) teria oferecido quantia entre R$ 150 mil e R$ 250 mil a um suplente de vereador para que se filiasse ao PL e fosse para a base do prefeito Roberto Cláudio. “Fiquei impressionada com aquilo, é muito acintoso (mal-intensionado). Inclusive estamos pedindo, já que é difícil as coisas caminharem (por aqui), para ver se fazem investigação contra aquilo (por lá)”, disse.

A deputada federal ainda concluiu; “Eu acho que ele (Bruno Gonçalves) foi apenas o mensageiro. Coloco na conta da atual política que o prefeito Roberto Cláudio faz”, acusou a deputada.