Política

Líder financeiro do PCC confirma participação do PT com a facção e ataca Sérgio Moro

Trechos de conversas interceptadas pela PF foram divulgados no âmbito da Operação Cravada, que mira o núcleo financeiro do PCC. Elias” ou “Veio”, xinga Sergio Moro e reclama da falta de diálogo com o atual governo.

As conversas grampeadas são de abril deste ano e foram captadas pela Operação Cravada, que mira o núcleo financeiro do grupo. Alexsandro Roberto Pereira, conhecido como “Elias” ou “Veio”, xinga Sergio Moro e reclama da falta de diálogo com o atual governo.

“Com ‘nóis’ já não tem diálogo, não, mano. Se vocês estava [sic] tendo diálogo com outros, que estava na frente, com nóis já não vai ter diálogo, não. Esse Moro aí, esse cara é um filha da p…, mano. Esse cara aí é um filha da p… mesmo, mano. Ele veio pra atrasar”, revela o líder financeiro do PCC.

Em outro trecho interceptado, Elias continua;

“Ele começou a atrasar quando foi pra cima do PT. Pra você ver, o PT com nóis tinha diálogo. O PT tinha diálogo com nóis, cabuloso, mano, porque… situação que nem dá pra nóis ficar conversado a caminhada aqui pelo telefone, mano. Mas o PT, ele tinha uma linha de diálogo com nois cabulosa, mano”, conclui.