Cidades

Lava Jato cumpre mandados contra escritórios de advocacia e a Fecomércio do Rio

Entre os escritórios alvos da operação está o de César Asfor Rocha, cearense e ex-presidente do STJ. Operação tenta desmontar esquema envolvendo escritórios de advocacia e a Fecomercio-RJ, que repassavam propinas, de acordo com a PF.

A Lava Jato está nas ruas para cumprir mandados de busca e apreensão contra escritórios de advocacia envolvidos num esquema que envolvia contratos fictícios de fachada para simular contratos reais com a Fecomércio do Rio, de acordo com a @policiafederal. Entre os alvos está o escritório Teixeira, Martins Advogados, que pertence ao amigo de Lula, Roberto Teixeira, e a seu genro, Cristiano Zanin. Os mandados expedidos pelo juiz Marcelo Bretas envolvem também os escritórios da mulher de Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo, de Tiago Cedraz e do cearense e ex-presidente do @stjnoticias, Cesar Asfor Rocha. A operação tenta desmontar um forte esquema de escritórios de advocacia que repassava propina a políticos por meio de contratos de fachada, de acordo com a PF.