Brasil, Esportes

Justiça do Paraguai decreta prisão preventiva de Ronaldinho Gaúcho e de seu irmão, por falsificação de passaportes

O ex-jogador também já é investigado por lavagem de dinheiro no Paraguai. Os dois ficarão presos no grupamento especializado de Assunção, unidade destinada a presos de alta periculosidade enquanto durarem as investigações.

Na sexta-feira, Ronaldinho e Assis já haviam sido detidos, embora nao se tratasse de uma prisão preventiva. Tanto a detenção inicial na sexta quanto a prisão preventiva são justificadas, segundo a juíza, pelo alto risco de fuga do ex-jogador do Paraguai para o Brasil.

O ex-jogador foi nomeado pela @embraturbrasil embaixador do Turismo no Brasil em setembro do ano passado na gestão do presidente @jairmessiasbolsonaro.