Brasil

João Doria confirma circulação de cartilha sexual em escolas e determina imediato recolhimento

Ontem, (02), a Revista Ceará replicou uma informação semelhante, criada pelo Jornal de Brasília, que acusava a Prefeitura de Fortaleza de distribuir cartilhas semelhantes em creches municipais, em seguida fomos atacados pelo Governo do Ceará.

O Governador de São Paulo, João Dória (PSDB) e o Prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), vieram agora a pouco em público confirmar a existência e circulação, também em São Paulo, de uma cartilha que ensina como estimula sexo na adolescência em creches e escolas públicas do estado.

Após repercussão negativa pela imprensa local, Doria e Bruno afirmaram ter sido alertado do “erro inaceitável” no material escolar e confirmaram que solicitaram o imediado recolhimento das apostilas. Na tarde de ontem, (02), a Revista Ceará replicou uma informação semelhante, criada pelo Jornal de Brasília, que acusava a Prefeitura de Fortaleza de distribuir cartilhas semelhantes em creches municipais estimulando práticas sexuais.

Diferente do governo de São Paulo e da prefeitura paulistana, o Governo do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza, optaram juntas por negar a circulação, acusando o corpo editorial da Revista Ceará de veicular Fake News, intitulando-nos de “Mentirosos e Irresponsáveis”.

Custa tomar a mesma medida? Poeira debaixo do tapete, só gera mais sujeira. Contra fatos, não há argumentos.