Brasil

Heineken compra Kirin Brasil, dona da Nova Schin, por R$ 2,2 bilhões

Valor da transação é de, aproximadamente, 664 milhões de euros, equivalente a cerca de R$ 2,2 bilhões. O grupo japonês considera que os riscos associados com a economia brasileira e a competitiva indústria cervejeira do país limitam a possibilidade de transformar a Brasil Kirin em um negócio rentável, explicou a companhia em comunicado. “Considerando os riscos associados com a economia brasileira e a estagnação dos mercados de cerveja e refrigerantes, assim como a concorrência no setor, a Kirin chegou à conclusão que há limitações para transformar a Brasil Kirin em uma empresa altamente rentável e sustentável no longo prazo”, afirmou a companhia na nota.