Ceará

Harvard aponta Ceará exemplo em Isolamento Social; estudo não cita superlotação em Ônibus

Sem fazer menção às superlotações nos terminais, artigo internacional mapeou detalhadamente a disseminação da Covid-19 no Brasil entre março e outubro de 2020.

(Foto: Bárbara Moura)

Um estudo realizado e divulgado pela Revista Science, da Universidade de Harvard, apontou o Estado do Ceará como exemplo na medida de isolamento social no combate à pandemia do novo coronavírus, de acordo com o Prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT).

Sem fazer qualquer menção às superlotações nos terminais e ônibus da capital cearense, durante a 1ª onda e a 2ª onda do coronavírus, o artigo internacional, que mapeou detalhadamente a disseminação da Covid-19 no Brasil entre março e outubro de 2020, foi divulgado na última quarta-feira, 14. Ele foi produzido por dez cientistas e coordenado pela demógrafa Márcia Castro, professora associada da Universidade de Harvard.

De acordo com o estudo, “mesmo com a circulação do vírus, as ações locais da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Ceará, foram bem-sucedidas em prevenir mortes”.