Ceará

Governo revela rombo nas contas públicas e pede empréstimo milionário a bancos

São cerca de R$ 550 milhões em empréstimo aos bancos Itaú, Santander e Banco do Brasil. Governador Camilo Santana (PT) justifica que montante será para pagar despesas do Estado.

Com as contas do Estado no vermelho, o governador Camilo Santana (PT) enviou uma mensagem à AL que solicita autorização para realizar um empréstimo milionário, revelando que é para pagar despesas.

Projeto de lei começou a tramitar ontem na Assembleia Legislativa do Ceará e é defendido pelo deputado líder do governo na Casa, Julio Cesar (PDT), que pede urgência na aprovação do empréstimo de R$ 550 milhões de reais pela AL, aos Bancos: Banco do Brasil, Banco Santander e o Itaú Unibanco.

O Governo do Ceará revela ainda que a dívida com despesas deve ultrapassar os R$ 4,5 bilhões nos próximos anos, “representando um grande volume de gastos do Tesouro Estadual”.

Atualmente a folha de pagamento de funcionários e terceirizados apadrinhados por políticos aliados do governador é uma das maiores do país. Governo do Estado tem mais terceirizados do que a população do município de Caridade, são cerca de 23 mil funcionários terceirizados.