Cidades

(GECOC) deflagra operação na prefeitura do Eusébio contra esquema de corrupção

De acordo com o MP, estão sendo cumpridos 26 mandados contra empresários e agentes públicos no Eusébio. Grupo criminoso instalado dentro da prefeitura teria faturado mais de R$ 7,6 milhões com fraudes em licitações.

Grupo criminoso instalado dentro da Prefeitura de Eusébio teria faturado mais de R$ 7,6 milhões de reais com superfaturamento e desvios de dinheiro público de acordo com o Ministério Público do Ceará.

Na Operação Banquete, deflagrada pelo MP-CE, através do “Grupo Especial de Combate à Corrupção” (Gecoc), foram cumpridos 7 mandados de prisão, 17 de busca e apreensão e outros 2 de afastamento da função pública.

O atual prefeito da cidade do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), é pai do deputado estadual Bruno Gonçalves (PL), envolvidos num recente escândalo político de compra de votos e partidos após revelação de áudio vazado de dentro de seu gabinete na Assembleia Legislativa do Ceará.