Ceará, Cidades

Família denuncia descaso na saúde pública de Pacajus e acusa vice-prefeito de descumprir liminar

De acordo com relatos da mãe da paciência, Camila da Silva, o vice-prefeito Bruno Figueiredo (PDT), atual gestor do município, vem descumprindo uma limar judicial do TJ-CE concedida a favor da saúde da paciente paralítica.

Mãe denuncia descaso com saúde da filha pela Prefeitura Municipal de Pacajus, há 51 km de Fortaleza, relata omissão por parte de vice-prefeito do município. De acordo com relatos da mãe, Maria do Carmo, que apresentou provas documentais do Ministério Público e do Tribunal de Justiça do Ceará, a mesma denuncia o não cumprimento imediato de uma liminar judicial que obriga a prefeitura de Pacajus à custear e fornecer a entrega de medicamentos e auxílio por parte da gestão do vice-prefeito Bruno Figueiredo (PDT), para o tratamento de saúde da filha, Camila da Silva.

De acordo com a liminar na qual a equipe da Revista Ceará teve acesso, o não cumprimento da decisão já vem acarretando multas diárias no valor de R$ 1.000,00 mil reais à prefeitura. A paciente encontra-se paralítica, após sofrer uma queda dentro de uma escola do município.

O vice-prefeito citado na denúncia pela mãe da paciente, é o político que assumiu a cadeira do prefeito eleito Flank Chaves (PSD), após decisão judicial do Superior Tribunal de Justiça. Vice-prefeito também é acusado, por vereadores do município, de armar um golpe e derrubar o colega cabeça de chapa, assumindo assim o lugar à frente da prefeitura.

A mãe da paciente relata ainda que a filha sofreu uma parada cardíaca nas últimas horas decorrente da falta do medicamento e pede a doação de uma cadeira de rodas para a filha.