Ceará, Cidades

Facções no Ceará retornam com mais força e iniciam sequência de execuções

Além das áreas nobres e periféricas da capital e interior do Estado, as facções criminosas também já avançam e ocupam territórios indígenas no Ceará. Equipamentos públicos como escolas e postos de saúde apresentam marcações de ameaça.

Aos poucos as Facções no Ceará vão retomando com mais força os trabalhos e iniciando uma sequência de execuções. Três pessoas foram executadas com tiros em Maracanaú, no mesmo local e horário. As vítimas estavam em frente a uma casa quando foram surpreendidas por suspeitos armados, que efetuaram os disparos.

O triplo homicídio foi registrado com a hipótese de que o crime esteja relacionado à guerra entre facções que disputam o domínio de território na Região Metropolitana.

Além das áreas nobres e periféricas da capital e interior do Estado, as facções criminosas também já avançam e ocupam territórios indígenas no Ceará. Equipamentos públicos como escolas e postos de saúde apresentam marcações de ameaça. Por exemplo, na Av. Beira Mar, calçadas estão sendo demarcadas com as siglas CV – Comando Vermelho.

O Observatório da Segurança do Ceará destaca também que 14 municípios cearenses tiveram crescimento de mais de 50% nas mortes violentas.