Ceará

Empresa cobra dívida de R$ 29,4 milhões do governo do Estado (mêtrofor)

A conta do governo de Cid Gomes continua batendo na porta da gestão Camilo Santana (PT). 

The Robbins Company, empresa contrata por Cid para fornecer os tatuzões para cavar o túnel do metrô de Fortaleza, está cobrando uma dívida de US$ 9,3 milhões (cerca de R$ 29,4 milhões) do Governo do Ceará pelo serviço. O prejuízo milionário está sendo cobrado, já o metrô de Fortaleza, a maior obra do País que passou pela Lei de Licitações, está parado e sem previsão de conclusão.

TATUZÕES DO METRÔ DE FORTALEZA SE DETERIORAM SEM MANUTENÇÃO.

Adquiridas em 2012 para a realização das obras subterrâneas da Linha Leste do metrô de Fortaleza (Metrofor), as quatro tuneladoras (tatuzões) seguem paradas aguardando o início das obras.Segundo o deputado estadual Heitor Férrer (PSB), no entanto, as máquinas, que custaram cerca de R$ 128 milhões ao Estado (em valores contabilizados em 2012, data do edital de licitação de compra dos equipamentos), estariam há mais de anos manutenção.