Ceará

Eleições / MP-CE denuncia Cid Gomes por compra de helicópteros sem licitação

Três aeronaves modelo EC 145 foram compras por Cid quando governador, sem licitação, por empresa que não atua no ramo e há suspeitas de superfaturamento.

Cid Gomes (PDT) candidato ao Senado Federal é denunciado pelo MP-CE por compra de helicópteros sem licitação com suspeitas de superfaturamento quando era governador do Ceará. O valor total dos gastos foi de quase R$ 161 milhões. Cid Gomes pagou R$ 19 milhões de dólares, em cada aeronave, enquanto o governo do Peru teria pago 9 milhões no mesmo modelo.

O que chamou atenção dos promotores é que a empresa que realizou a compra não atua no ramo de produção ou comercialização de aeronaves sim, no fornecimento de produtos e serviços de salões de belezas, clínicas e hospitais e por isso, causou estranhamento nos investigadores.

Diante da avaliação do Ministério Público, a presença pessoal do ex-governador do Ceará ao assinar contrato desponta sua responsabilidade. “O ex-chefe do Poder Executivo, Cid Gomes, e o ex-secretário da Secitece participaram de todo o processo de captação de recursos, quer assinando expedientes, quer encaminhando mensagem de lei ao poder legislativo estadual para autorização do empréstimo, culminando com as respectivas assinaturas do contrato”.

O MPCE ao solicitar o recebimento da ação de improbidade administrativa, pediu para que Cid Gomes e o ex-secretário sejam condenados nas cláusulas da Lei de Improbidade Administrativa, que inclui ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou valores acrescidos ao patrimônio.

Eles ainda pedem perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de cinco a oitos anos.