Ceará

Deputado Federal se diz contra homenagem ao fundador do MST, pela Assembleia Legislativa

Heitor Freire (PSL), soltou nota na qual fala que repudia com veemência a concessão do título de cidadão cearense para João Pedro Stédile, fundador e líder do MST. “Mais um desserviço do PT para o povo do Ceará”, disse o parlamentar.

Leia a nota na íntegra:

O deputado federal e presidente estadual do PSL, Heitor Freire, repudia com veemência a concessão do título de cidadão cearense para João Pedro Stédile, mais um desserviço do PT para o povo do Ceará. A perda de tempo e recursos públicos para homenagear uma pessoa que nunca realizou nada de positivo para o estado é inadmissível. Como a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará não levou em consideração os requisitos básicos da Lei da Concessão de Título de Cidadão Cearense? Ela estabelece que o homenageado precisa ter prestado serviços de relevância para o Estado do Ceará, o que definitivamente não é o caso. Pelo contrário, quem está recebendo a honraria é o criador do MST, notoriamente uma organização terrorista, que recebeu treinamento de milícias da Venezuela. Heitor Freire não compactua com a “homenagem” e abomina os responsáveis pelo ato”.