Ceará

Deflagrada operação contra funcionários do hospital HGF; grupo vendia consultas e exames

Grupo criminoso estaria cobrando taxas de pacientes e familiares para influenciar na marcação de consultas e exames e na liberação de medicações contínuas necessárias aos transplantados.

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta quinta-feira (3), seis mandados de busca e apreensão uma suposta organização criminosa que cobrava taxas por consultas, exames e remédio  a pacientes transplantados do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), em Fortaleza.