Ceará

Deficientes visuais no Ceará poderão ter contracheques em Braille

Projeto de autoria da deputada Aderlânia Noronha (SD) prevê a entrega de contracheque em sistema de Braille, sem custo adicional, para trabalhadores com deficiência visual no Ceará.

O projeto da deputada Aderlânia Noronha (SD) foi aprovado com uma emenda aditiva do deputado Sérgio Aguiar (PDT), incluindo, aos contracheques e comprovantes de rendimento, um arquivo digital em áudio. Elogiando a proposta original, Sérgio justificou que a sua emenda visa unicamente contribuir para ampliar, de forma democrática, a forma de apresentação das informações contidas nos contracheques dos trabalhadores, incluindo a opção de arquivo de áudio.

A iniciativa, que agora só depende da decisão do governador Camilo Santa, visa dar acesso direto e imediato, a essas pessoas, de suas informações salariais.

De acordo com a proposição, o trabalhador deverá solicitar o contracheque em Braille junto ao órgão de origem no qual está vinculado, sem a necessidade de recorrer a terceiros, para saber as informações contidas nele. “Mais um direito a uma parcela da população, que luta por inclusão social, dignidade e respeito,” enfatizou  a parlamentar.