Saúde

Com recorde de infectados, Ceará diminui testagem e fica de fora dos testes da vacina contra coronavírus

Ceará se aproxima dos 7 mil mortos e já são 137.234 mil casos confirmados de infectados pelo coronavírus. Apesar dos alarmantes números, o Estado não entrou na lista dos primeiros testes iniciais da vacina “CoronaVac”.

O Ceará aparece quatro vezes nas listas das vinte cidades com maior número de diagnósticos por Covid-19 da região Nordeste. A vacina será testada em 9 mil voluntários da área de saúde em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Paraná.

Ceará ficou de fora, um dos motivos seria o alto custo com as despesas custeadas pelo Governo do Ceará, o que chegaria aproximadamente na casa dos R$ 35 milhões de reais ao Estado, ou mais.

Vale ressaltar ainda que o Ceará vem diminuindo cada vez mais o número de testagem contra o vírus. No total, o governador Camilo Santana (PT) já gastou cerca de quase R$ 500 milhões de reais dos cofres públicos em quatro meses de pandemia.