Ceará, Política

Ciro Gomes culpa presidente Bolsonaro por tentativa de assassinato ao irmão em Sobral

Para o ex-ministro, presidente Bolsonaro incita policiais a apertar o dedo no gatilho, quebrando as regras da convivência democrática. “O ato é claramente incentivado por Bolsonaro e por sua família [filhos] de canalhas”, completou

O ex-ministro Ciro Gomes culpou o presidente Jair Bolsonaro pela tentativa de assassinato ao irmão, durante invasão ao Batalhão da Policia Militar em Sobral. Para o ex-ministro, Bolsonaro incita policiais a apertar o dedo no gatilho, quebrando as regras da convivência democrática. “O ato é claramente incentivado por Jair Bolsonaro e por sua família [filhos] de canalhas”, completou.

Cid Gomes chegou a Fortaleza de helicóptero do (Ciopaer) e foi transferido de ambulância para o Hospital Monte Klinikum. O ex-governador estava acompanhado do governador Camilo Santana (PT), do prefeito Roberto Cláudio (PDT) e do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Sarto (PDT).