Ceará

Ceará / PF revela tentativa de embarque de 20 quilos de cocaína no porto do Mucuripe

Houve a apreensão de 20 quilos do produto em um contêiner, sendo instaurado o inquérito policial”, informou o órgão.

Investigação da Policia Federal revela que criminosos tentaram despachar cerca de 20 quilos de cocaína no Porto do Mucuripe em Fortaleza, no dia 11 de outubro de 2018. Durante rotina do expediente, uma descoberta, acidental, feita numa inspeção normal por técnicos de manutenção de uma empresa que faz locação de contêineres, descobriu e se surpreendeu com o que caiu de dentro do maquinário.

Segundo informações vários pacotes foram jogados para fora do genset – um gerador a diesel individual que aciona a câmara fria. Espalharam-se pelo chão. Tinham o formato de tabletes, todos embalados em fita adesiva. A informação foi confirmada pela Policia Federal.

“Houve a apreensão de 20 quilos de cocaína em um contêiner no Porto do Mucuripe, sendo instaurado o inquérito policial”, informou o órgão, por email. Fora isso, nenhuma outra informação ou explicação do caso. Não foi possível assegurar se o contêiner já tinha destino definido. Estava vazio. Outros ao lado, também. A carga iria para onde? Quando? Enviada por quem e para quem? O jornal OPOVO também fez o mesmo questionamento em matéria.

A inspeção dos técnicos de manutenção teria acontecido antes de a câmara frigorífica ser ovada – ou seja, receber mercadoria para embarque num navio. Os contêineres reefers são usados principalmente para envio de cargas perecíveis, como alimentos, ou até na exportação de flores. A fiscalização aduaneira só é feita quando há produtos já despachados, com a devida nota fiscal e documentos de exportação.