Brasil

Caiado (DEM) é o 4º governador a aceitar discutir redução do imposto ICMS dos combustíveis

Em tom apaziguador e na contramão dos demais governadores, Ronaldo Caiado (DEM) aceitou o desafio proposto por Bolsonaro para tentar reduzir o imposto sob combustíveis.

Em tom apaziguador e na contramão dos demais governadores, Ronaldo Caiado aceitou o desafio proposto pelo presidente Jair Bolsonaro para tentar reduzir a alíquota de ICMS dos combustíveis.

No Ceará, o governador Camilo Santana (PT) se recusou no primeiro momento e agora, pressionado, recuo e topou discutir uma possível redução de impostos.

“O correto é buscar o diálogo para uma solução de um problema que municípios, estados e Governo Federal têm culpa. É imprescindível uma reunião entre todos os governadores com o presidente para entrarmos em um consenso. Só assim vamos conseguir alcançar as mudanças que a população espera de nós”, afirmou Caiado.