Política

Bolsonaro venceria seis presidenciáveis em 2022, diz pesquisa Instituto Paraná

O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas aponta que Sérgio Moro seria o candidato mais bem colocado contra o atual presidente.

Se as eleições presidenciais de 2022 fossem disputadas hoje, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ganharia em todos os cenários do primeiro turno.

No segundo turno, de acordo com a pesquisa, Bolsonaro derrotaria seus potenciais adversários na corrida pela Presidência da República. São eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, o ex-ministro Sergio Moro, o governador de SP, João Doria, e o apresentador global Luciano Huck.

Em um eventual segundo turno, Moro seria o candidato mais bem colocado contra Bolsonaro. O chefe do Executivo teria 44,7% dos votos contra 35% do ex-juiz. O ex-ministro já afirmou que não tem intenção de se candidatar nas próximas eleições.

O resultado, no entanto, vai de encontro com a avaliação do presidente feita na mesma pesquisa. O levantamento mostrou que 48,1% dos brasileiros desaprovam a gestão do atual chefe do Executivo e 38% consideram ruim ou péssimo o trabalho de Bolsonaro.