Brasil, Cidades

Bolsonaro propõe zerar impostos federais sobre combustíveis, caso governadores também zerem ICMS em seus Estados

Presidente quer dividir com estados responsabilidade pelo preço alto da gasolina nas bombas. Carta assinada por 23 governadores, incluindo Camilo Santana (PT), é resposta à crítica do presidente de que o imposto ICMS impede quedas nos preços finais das bombas.

Após presidente Jair Bolsonaro dividir com Estados responsabilidade pelo preço alto da gasolina nas bombas, governadores do nordeste pedem ao Governo Federal a redução também de impostos federais sobre os combustíveis.

Uma Carta assinada por 23 governadores, incluindo o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), é resposta à crítica do presidente de que o imposto ICMS impede quedas nos preços finais das bombas. Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte e mais 19 Estados pedem que o Palácio do Planalto abra mão de receitas de impostos federais como PIS, Cofins e Cide recolhidos sobre o consumo de combustíveis.

Por sua vez, Bolsonaro reagiu propondo quê, zeraria impostos federais sobre combustíveis, se governadores fizerem o mesmo zerando o imposto ICMS. “Eu zero o federal, se eles zerarem o ICMS. Está feito o desafio aqui agora. Eu zero o federal hoje”, disse.