Política

Áudio vazado revela negociação política ilegal para eleições, entre deputado e pré-candidato

Vazamento de áudio nas últimas horas revelou bastidores entre o deputado estadual Bruno Gonçalves (PL), com oferta à um pré-candidato a vereador em Fortaleza, além de revelar um esquema financeiro para eleger vereadores.

O episódio viralizou nas redes sociais e se transformou num escândalo político dentro do PL-CE. A voz de Bruno Gonçalves, pré-candidato à prefeito de Aquiraz, na conversa com o suplente de vereador Maninho, parece ser nítida, e revela detalhes sobre a forma como é usado o dinheiro público recebido pelo PL e de assessorias de gabinete revelando um suposto esquema que garantem votos para eleger vereadores.

O deputado estadual, Bruno Gonçalves (PL-CE), comanda o PL no Ceará, e revela ainda um acordo com o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), para eleger seu sucessor em Fortaleza. O deputado revela ainda que Capitão Wagner (PROS) não será eleito à prefeito de Fortaleza, por conta da força da máquina pública da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Estado na política local. “Wagner é cada vez mais sem credibilidade, é só fogo de palha, que não tem estrutura”, afirma o deputado.

A riqueza de detalhes como transcreve o áudio, desde o formato didático para financiamento legal e ilegal de campanhas eleitorais, revelam como é feito o financiamento de campanha pelo grupo político do PL-CE.