Direito&Justiça

Associação Brasileira de Advogados empossa presidentes no Ceará

Para o Presidente Estadual eleito, Andrei Aguiar, a “ABA retoma atividades no Estado do Ceará com uma boa representatividade. Sediada em Brasília e contando com diversas regionais no País, foi fundada em 2002, fomentando trabalho em prol de líderes advogados.

A Associação Brasileira de Advogados – ABA retoma suas atividades no Estado do Ceará, com a posse dos novos dirigentes, quais sejam: Andrei Aguiar (Presidente ABA da Estadual), Paulo Franco (Presidente da ABA em Limoeiro), Aderson Feitosa (Presidente da ABA no Crato), Marcelo Cavalcante (Presidente da ABA em Crateus), Nazaré Uchoa (Presidente da ABA em Iguatu) e Ana Cecília (Presidente da ABA em Aracati).

A associação, de cunho nacional, sediada em Brasília e contando com diversas regionais espalhadas pelo país, foi fundada em 2002, fomentando sempre o trabalho em prol da formação de líderes, da capacitação e defesa dos interesses dos advogados.

Para o Presidente Estadual, Andrei Aguiar, a “ABA já retoma suas atividades no Estado do Ceará com uma boa representatividade, contando com presidentes municipais extremamente capacitados e já com reconhecidos trabalhos prestados à advocacia, de modo que contribuirá sobremaneira para a formação de novos líderes dentro da instituição”.

Já o Presidente da ABA Limoeiro do Norte, Paulo Franco, apregoa que “a possibilidade de fomentar a defesa dos interesses legítimos da advocacia da região, preparando-a para o enfrentamento do mercado é algo que tem nos impulsionado a abraçar esse novo desafio”.

“A experiência obtida na Presidência da OAB Crato, por dois mandatos, fez com percebesse a necessidade de uma atuação mais próxima da classe, para incentivar a formação de novos líderes, sendo este um dos principais objetivos buscados agora no comando da ABA no Crato”, afirma Aderson Feitosa.

O Presidente da ABA em Crateús, Marcelo Cavalcante, destaca a “disposição e a vocação da instituição para desenvolvimento do exercício da advocacia em todo o país, não sendo diferente o que será proposto dentro da região”.

“A possibilidade de impulsionar ainda mais a capacitação dos advogados de Iguatu, através da experiência de uma associação de cunho nacional, apresenta-se como um incentivo a mais para abraçarmos o projeto de interiorização da instituição”, informa a advogada Nazaré Uchoa, agora Presidente da ABA Iguatu.

A Presidente da ABA Aracati, Ana Cecília, destaca a necessidade do “fomento ao ensino jurídico na região do litoral leste, como um dos grandes objetivos a serem implementados pelo trabalho na associação”.