Negócios

Após repercussão negativa, prefeito Sarto recua e anuncia frota extra de 200 ônibus na capital

Valor pago pelo novo acréscimo da frota extra de ônibus não foi divulgado pela Prefeitura de Fortaleza ou pelo Sindiônibus.

Após repercussão negativa com o anúncio da retirada de 200 ônibus extras pelo Sindiônibus, o prefeito de Fortaleza José Sarto (PDT) recuou e anunciou o retorno da de uma nov frota extra em circulação na capital, por mais 30 dias.

O valor pago pelo acréscimo da frota extra de ônibus não foi divulgado pela Prefeitura de Fortaleza ou pelo Sindiônibus.

População usuária do transporte coletivo alega que não foi notável o aumento da frota durante a pandemia: “Pouquíssimo visível a oferta extra dos ônibus”, diz Armando Lima, trabalhador e usuário diário do transporte público na capital.

“É inconcebível que, no meio de uma pandemia, ainda haja aglomeração nos transportes públicos. E nós sabemos que, com o retorno gradual das atividades, vem ocorrendo aglomerações nos horários de pico. Porém, sabemos que uma das medidas necessárias e urgentes para evitar a disseminação do Coronavírus é respeito ao distanciamento social”, explica a promotora de Justiça Ana Claudia Uchoa.

A medida, que havia perdurado por 60 dias e foi cancelada na semana passada, será retomada a partir de hoje pela Prefeitura de Fortaleza.