Brasil

A deputada que desafiou Ciro Gomes, votou a favor da reforma e ganhou holofotes

Ciro Gomes, à ameaçou de expulsa-lá do PDT em uma só ligação, caso contrariasse a decisão do partido. Ao mesmo tempo no Twitter, à acusou de receber emendas parlamentares do governo Bolsonaro para votar a favor da reforma.

Serena, articulada e politizada, a deputada Tabata Amaral (PDT) ganhou destaque nos bastidores da política e imprensa nacional nos últimos dias, ao se posicionar, no que ela classificou de ‘convicção política’ a favor da Reforma da Previdência, segundo a Revista Paulista.

Ciro Gomes, líder do PDT, horas antes, à ameaçou de expulsa-lá do PDT em uma só ligação, caso contrariasse a decisão do partido. Ao mesmo tempo no Twitter à acusou de receber emendas parlamentares do governo Bolsonaro para votar a favor da reforma na noite de ontem, (11).

Na mesma hora, já era atacada pelo PDT, PT, PSOL, PCdoB e PSB, partidos da oposição. A deputada rebateu, e afirmou que seu voto não foi “vendido”, mas era fruto de convicção. “Não votei a favor do atual governo, votei a favor dos mais pobres”, acrescentou.

Diante da posição do PDT, que informou que o parlamentar que votar a favor da reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro poderá até ser expulso da legenda, a deputada Tabata Amaral (SP) postou um vídeo no Twitter tentnado explicar dua posição.